Compartilhe com seus amigos:

Peru, Equador e Colômbia. Por André Nalini

Distância ou destino, o importante é o que você deseja experimentar e como escolhe viajar pela vida.

Uma viagem, longas distâncias e vários destinos, uma grande aventura que iniciou em Lima, Cusco, Ollantaytambo, Vale Sagrado e Machu Picchu no Peru seguindo para Guayaquil, Riobamba, parque Cotopaxi, Baños de Água Santa na base do Vulcão ativo Tungurahua e Quito no Equador, finalizando pelas cidades maravilhosas de Cartagena, Barranquilla, Santa Marta no Caribe e Bogotá na Colômbia.

Foram 2 meses voando todos os trechos pela Latam que recentemente foi eleita “A melhor cia. Aérea da América do Sul” pela Skytrax World Airline Awards e foram mais dez prêmios este ano como o 1º. lugar em pontualidade pelo OAG 2018, 5 prêmios no Apex Passenger Awards 2019, o melhor catering da América do Sul no PAX Awards e a excelente notícia de que a cabine premium business foi redesenhada e remodelada para aprimorar o descanso dos passageiros.

Vale muito a pena adquirir um pacote completo de passagens internacionais e domésticas internas, o valor total fica mais atrativo, lembre-se de que são milhões de turistas do mundo disputando assentos nos voos para visitar Machu Picchu e comprando em separado acaba saindo muitas vezes mais caras do que as dos trechos internacionais. O planejamento é a alma do negócio, monte seu roteiro e inclua todos os trechos na mesma reserva, vale a pena.

Lima, Peru

A cidade de Lima é a capital do Peru, situada na árida costa do Pacífico. Tem um centro colonial e histórico preservado harmonizado com uma metrópole moderna. Nela, está localizada a coleção de arte pré-colombiana do Museu Larco e do Museo de la Nación, que traça a história das civilizações antigas do Peru, a Plaza de Armas, a Catedral do século XVI e o Malecón que é o principal destino dos turistas com uma vista privilegiada do Oceano Pacífico, é um calçadão com jardins, parques, restaurantes, bares, uma atração de mais de 20 km de extensão em cima de uma enorme encosta, o Malecón do bairro de Miraflores onde fica o parque del Amor é o local mais lindo de Lima e um dos mais bonitos do mundo.

O povo peruano é acolhedor e amável, a gastronomia está entre as melhores do mundo com uma variedade de opções. Lima tem o pior transporte público da América do Sul com exceção do ônibus ida e volta executivo do aeroporto Airport Express para vários bairros da cidade que é rápido, confortável, seguro e barato.

Vale a pena se hospedar no bairro de Miraflores de onde pode-se acessar a vários pontos turísticos e restaurantes caminhando. Para conhecer o centro histórico e colonial da cidade recomendo qualquer passeio “City Tour” em ônibus aberto que dura em média 4 horas e meia e são várias as opções, esqueça dos taxis são caros e de baixa qualidade. De Lima vale a pena realizar um day tour à Paracas para contemplar as Islas Ballestas. Me hospedei no Hotel Radisson Miraflores em frente ao Malecón Miraflores.

Cusco, Peru

Cusco é uma cidade sensacional situada nos Andes peruanos, já foi capital do Império Inca e agora é conhecida por seus vestígios arqueológicos e sua arquitetura colonial espanhola, uma cidade repleta de atrações, lindíssimos monumentos, museus, catedrais e restaurantes a um excelente custo x benefício. Ponto de partida!

Primeiro se hospede por pelo menos 2 noites em Cusco, ao lado da praça de armas no Museu Casa del Inca Garcilaso de la Vega pode-se comprar o ticket de entrada à Machu Picchu e Montanha, tudo muito bem explicado por funcionários atenciosos e simpáticos, depois basta ir à loja da Peru Rail e adquirir a passagem de trem de Ollantaytambo à Machu Picchu, 2 horas e meia antes do horário do trem pegar uma van ou taxi (em torno de US$ 3 dólares) de Cusco à Ollantaytambo na Rua Pavitos.

Os voos foram todos com muita segurança, conforto e pontualidade pela Latam e em Cusco, me hospedei no Hotel Ramada Costa del Sol com uma localização excelente ao lado da praça das armas, à 2 minutos caminhando de onde se compra tickets e passeios, da loja da Peru Rail e próximo de tudo em Cusco.

Ollantaytambo, Valle Sagrado e Machu Picchu, Peru

A caminho de Machu Picchu, realizei uma parada em Ollantaytambo para visitar o Valle Sagrado dos Incas que fica ao lado dos rios Vilcanota e Urubamba, Fortaleza e atrações do local se estendendo entre montanhas imponentes e picos com muita neve. Um local de meditação e muita energia positiva. Me hospedei no Hotel Ccapac Inka Ollanta.

A viagem espetacular de Ollantaytambo à Machu Picchu foi a bordo do trem Peru Rail Vistadome com janelas panorâmicas de vidro para aproveitar ao máximo as paisagens, foi uma viagem confortável de 1 hora e meia com atrações cultural durante o trajeto. Machu Picchu é berço do maior império Inca da história da América do Sul, na época do século XV já era uma civilização inteligente, extremamente complexa e repleta de conhecimentos, uma vasta cultura, ainda hoje, se sente o respeito aos povos originários e a cultura.

A cidade sagrada dos Incas Machu Picchu é uma das “Maravilhas do Mundo” com sofisticadas muralhas com seus imensos blocos unidos é uma construção intrigante. Quando entrei neste santuário fiz uma caminhada de 2 horas subindo a montanha até a Puerta del Sol com uma vista magnifica de Machu Picchu, depois segui até a impressionante Puente Inca retornando a cidade de Machu Picchu com uma sensação indescritível, algo que só se pode sentir estando neste local sagrado. Na cidade de Águas Calientes Machu Picchu me hospedei no Hotel Jaya Suíte Machu Picchu.

Guayaquil, Equador

Depois de 15 dias no Peru, embarquei com a Latam para Guayaquil no Equador. Guayaquil é a maior cidade do Equador com o principal porto do país, situa-se na margem ocidental do rio Guayas, que desemboca no golfo de Guayaquil, no Oceano Pacífico. A cidade tem um calçadão imponente conhecido como o Malecón Simón Bolívar, uma atração espetacular que se estende por mais de 2,5 km com aréas verdes, jardins, flores, muita cultura, entretenimento, shopping, restaurantes, bares entre outras atrações.

Uma breve caminhada chega-se as ruas estreitas de paralelepípedos de Las Penas com mais de 400 anos de história com casas de madeira pintadas em cores brilhantes, de onde começa uma subida incline de exatos 444 degraus pelo Cerro Santa Ana até o farol de onde se tem uma vista única da cidade com sua variedade de museus, parques, igrejas e catedral lindíssima e o centro comercial. A flora e a fauna são incríveis e podem ser apreciadas de qualquer lugar, entre as diferentes espécies destacam-se as orquídeas, os papagaios e as iguanas.

Fácil mobilidade e um custo x benefício acessível fazem de Guayaquil um destino para turistas de todo o mundo. A Pérola do Pacífico tem uma semelhança sutil com a cidade de Miami, pelo povo cosmopolita e pela alegria com muitas festas espalhadas pela cidade. Em Guayaquil me hospedei no charmosíssimo Hotel Wyndham em frente ao rio Guayas.

Riobamba, Trem Nariz do Diabo e Ingapirca, Equador

A cidade de Riobamba na província de Chimborazo é uma das cidades mais antigas do Equador, serve de passagem e hospedagem para realizar o passeio com o trem Nariz do Diabo um dos mais perigosos do mundo, o trajeto é perpendicular, os trilhos fazem um zigzag descendo a montanha de 2346m de altitude para 1860m em apenas 30 minutos pelas lindas paisagens andinas, o passeio sai da cidade de Alausi e segue até o povoada de Sibambe, e onde é possível ver a montanha com o formato do Nariz do Diabo, os vagões são antigos, mas, com conforto.

Em seguida pode-se fazer uma visita de 1 à 2 horas pelas ruinas de Ingapirca, com sua construção de pedras perfeitamente trabalhadas e juntadas, este complexo arqueológico é o mais importante do Equador, fica na província de Cañari, foi centro para a realização das cerimonias e dos rituais da cultura Cañari e dos Incas, vale a pena a visita inclusive o museu que abriga uma importante mostra de artesanato em pedra, cerâmica e joias. Na cidade de Riobamba me hospedei no Quindeloma Art Hotel & Gallery, um hotel boutique com um spa espetacular.

Baños de Água Santa, Equador

Baños é uma pequena cidade turística, tranquila com apenas 12 mil habitantes que tem como padroeira Nuestra Señora del Rosário de Águas Santas e aventureira com suas matas, cascatas e reservas entre montanhas e vales é possível praticar vários tipos de esportes radicais e tudo próximo ao vulcão ativo Tungurahua. Sem dúvida a maior atração fica por conta das Termas de Águas vulcânicas, as águas termais deram nome a cidade de Baños, são várias as piscinas de águas quentes com uma entrada que varia em US$ 2 dólares, a mais famosa é a Termas de La Virgen que fica embaixo de 2 cascatas que são o cartão postal da cidade.

Entre os principais passeios estão a cascata do Pailón del Diablo, Casa del Arbol e o mirador del volcan de onde se pode apreciar a pequena cidade e o imponente vulcão ativo Tungurahua. Para chegar a Baños pode-se ir de ônibus de Quito (3 hrs e meia) ou Guayaquil (5 hrs.) com passagens em torno de US$ 4,25. Fiquei hospedado no Sangay Spa Hotel com saunas, opções de massagens, tratamentos estéticos e o famoso banho turco “Baños de Cajón“.

Quito, Equador

Encravada na Cordilheira dos Andes e cercada por vulcões sendo o mais famoso o vulcão ativo Cotopaxi (5898m.) e construída sobre as fundações de uma antiga cidade Inca, Quito, a capital do Equador tem o centro histórico mais bem preservado da América do Sul, declarado patrimônio pela Unesco, pelas suas ruelas estreitas podemos apreciar as construções coloniais multicoloridas, são várias as atrações como monumentos, catedrais, igrejas e praças, vale a pena visitar a Catedral na Plaza Grande, a igreja Compañia de Jesus e apreciar a melhor vista da cidade da imponente estátua Virgem de Quito no bairro El Panecillo.

Quito tem um sistema de transporte caótico, vale a pena fazer um Day Tour pelos principais cartões postais da cidade utilizando um tipo de patinete/scooter da cia. Naves Expeditions. Em Quito me hospedei no Boutique Hotel Casona D’Alameda no coração da cidade histórica.

Cartagena, Colômbia

Cartagena é uma cidade portuária a beira mar na costa caribenha da Colômbia. São praias, história, arte, cultura, arquitetura, dança e pessoas muito simpáticas e felizes em lindas paisagens. Tem como atração principal a cidade antiga e histórica murada com praças, ruas estreitas de paralelepípedos e coloridas casas e prédios coloniais. O clima é muito quente e úmido e com aquele cheirinho inadequado de esgoto no ar.

São inúmeros os passeios e atrações, vale a pena simplesmente caminhar pelas ruelas do centro histórico pelos setores amuralhados inclusive caminhar sobre a muralha, a muralha é o principal cartão postal da cidade, são castelos inclusive com o principal Castelo San Felipe de Barajas, torres, museus, a catedral de Cartagena e inúmeras lindas igrejas, com várias opções de restaurantes e bares. Um dos principais passeios é realizado de barco saindo do píer da cidade até as Ilhas do Rosário, conhecidas por seus recifes de corais, águas transparentes e belas praias caribenhas.

O bairro sofisticado de Bocagrande com seus prédios altíssimos de linda arquitetura em frente à praia de mesmo nome é uma boa alternativa para visitar a parte moderna da cidade de Cartagena. O aeroporto de Cartagena me decepcionou, tem uma estrutura de rodoviária. Me hospedei no Tcherassi Hotel & Spa no coração da cidade amuralhada, hotel com aroma de laranja e gengibre, onde tive uma das principais experiências gastronômicas de todos os trechos de minhas viagens no restaurante italiano Vera. Eu recomendo.

Barranquilla, Colômbia

Barranquilla está localizada no norte da Colômbia com 2 milhões de habitantes é uma das mais populosas da Colômbia, passei apenas uma noite a caminho do paraíso de Santa Marta. Me hospedei no Hotel Wyndham Garden Barranquilla.

Santa Marta, Colômbia

Santa Marta é um dos principais destinos turísticos do caribe colombiano, a cidade histórica é um verdadeiro paraíso, uma joia entre a Sierra Nevada de Santa Marta, com os picos mais altos do país, e o paradisíaco mar do Caribe. A região tem uma grande variedade da fauna e flora, bem como locais históricos e culturais.

São várias as opções de passeios a praias interessantes de água transparente e areia branca, reservas naturais e parques espetaculares tendo como a maior atração o parque ecológico nacional Tayrona considerado um santuário da natureza com as principais praias Bahia Concha, Waikiki, Playa Crystal e Cabo San Juan entre outras, o acesso a estas praias é prejudicado pelas condições precárias da estrada e por passar por bairros sem estrutura, um passeio de 40 minutos pode-se transformar facilmente em um pesadelo de quase 2 horas.

Os principais hotéis, restaurantes, bares, atrações e praia estão em El Rodadero à pouco menos de 4 km. do centrinho de Santa Marta, onde estão concentrados 90% do movimento turístico local. A praia e o bairro de é uma verdadeira bagunça, mal cheiro do esgoto sem tratamento, água suja, transito caótico com carros buzinando o tempo todo, música alta de várias procedências em total discordância, ônibus cheios de turistas com suas panelas e sacos de comida e bebida, centenas de vendedores ambulantes, massagistas, cantores, restaurantes em botecos com as mais diferentes características em um verdadeiro colapso do turismo local.

Lamentavelmente toda esta bagunça e barulho reflete na tentativa de descansar a noite no quarto do hotel. Em Santa Marta me hospedei no Hotel Tamacá Beach Resort em El Rodadero.

Bogotá, Colômbia

Bogotá é a capital e maior cidade da Colômbia, é o centro político, econômico, administrativo, industrial, artístico, cultural e esportivo do país. O centro histórico é rico em cultura e arte, tendo como atrativo principal a praça Bolívar, o Capitólio Nacional, a casa de los Comuneros, a casa de Nariño, Igreja museu de Santa Clara e o Santuário Católico.

Vale a pena subir de teleférico os 3.200 mts. até o topo do Cerro de Monserrate para desfrutar de uma vista panorâmica da cidade. Outro local interessante é a Praça de Touros de Santamaría durante a temporada das touradas. Fiquei impressionado com a beleza da mulher colombiana em Bogotá. Em Bogotá fiquei hospedado no moderno Hotel Wyndham Art Bogotá, belíssimo hotel, excelente localização com várias opções de restaurantes, um fitness center de primeira, piscina, spa e um serviço espetacular.

Você pode planejar, organizar e executar a viagem corriqueira ou de seus sonhos por si próprio, basta seguir o seguinte passo a passo:
1º. É importantíssimo definir os destinos e trajetos da viagem.
2º. Verifique a documentação necessária o que inclui o passaporte, a necessidade de vistos, seguro, vacinas e R.G. valido com menos de 10 anos.
3º. Reserve e compre as passagens aéreas e é aí que vale a pena fazer parte de um programa de fidelidade, com a Latam você terá acesso a condições de tarifas especiais e um mundo inteiro de rotas através do “One World” com 23 cias. Aéreas Internacionais agregadas.
4º. Reserve os hotéis através de sites especializados ou pelo website do hotel escolhido.
5º. Compre a moeda do país e tenha um cartão internacional que tenha o benefício das premiações em milhas ou pontuação, a próxima viagem pode ser de graça.
6º. Aluguel de carros, compras de ingressos e reservas de atrações podem ser feitas pelo site.
Boa Viagem!

 

André Nalini é atualmente consultor internacional em gestão hoteleira e escreve como jornalista autônomo sobre turismo e hotéis, é formado em Hotelaria pela Ecole Hôtelière de Lausanne na Suíça, com MBA em Business e Educação Física nos EUA e curso de especialização em marketing hoteleiro na Hebo em Haia, Holanda. Leva na bagagem experiência profissional como gerente geral em redes e empreendimentos hoteleiros como Club Med, Hotel Praia do Forte Eco Resort, Hotel Caesar Park, Hotéis Blue Tree Park, Hotel Pestana Exclusive Angra dos Reis e Hotéis Marina no Rio de Janeiro. Prestou consultoria na implantação do Hotel Boutique Villa Rasa Marina em Búzios e para os Hotéis Opera em Moscou e St. Petersburg na Rússia, Kiev na Ucrânia e Minsk em Belarus. Recebeu recentemente o título de World Top 1% Advisor da Trip Advisor. É especialista em viagens internacionais.

3 Comentários Deixe um comentário

  1. Ruben Souza 9 de dezembro de 2019 Subscriber

    Gostaria de parabenizar o André pela excelente matéria com ótimas dicas de viagen!
    Eu não tinha essa visão do Equador, não imaginava que fosse um país com essa riqueza cultural e belezas naturais, após ler a matéria passei a ter interesse em conhecer este destino tão pouco explorado.

  2. Sasha Warmington 13 de dezembro de 2019 Subscriber

    Fue un verdadero gusto tenerle con nosotros Andre, esperamos su pronto retorno para que pueda venir
    a disfrutar de nuestras habitaciones con la vista a la Cascada de 40 metros frente al Hotel y que pueda
    relajarse con nuestro Spa Ayurveda y deliciosa comida en Bonkers Café, nuestro restaurante temático de
    Alicia en el Pais de las Maravillas.

    Un abrazo fuerte

    Sasha

  3. Ulisses 13 de fevereiro de 2020 Subscriber

    Meus Parabéns os artigos foram muito bem escritos e com riquezas de detalhes, muito bom para aguçar o desejo de visitar os locais e dar uma pontinha de conhecimento para quem não pode no momento, não era de se esperar menos de um profissional de seu nível, fraterno abraço.

Deixe seu comentário